quarta-feira, 23 de maio de 2007

Em Berço Explêndido faz parte de uma temática já antiga e que retomo usando moradores de rua mas sem ficar no "panfletário"..

25 comentários:

Al Stefano disse...

E você pode ter certeza... este senhor deitado em berço explêndido... era ilustrador!!
Ô profissão ingrata!!!!!
abraços e sem comentários pois vc ta muito nojento!!!
tchau.
Al Stefano

Mauricio disse...

Risos, o comentário do al é muito engraçado mas verdadeiro.

Sempre brilhante seu trabalho Zuri.

Abs

POISONOUS TRACER disse...

Parabéns!!! Suas imagens são demais!
Adorei tudo que vi!
Abraço!

FABIO MORAES disse...

Um trabalho impactante, seja pela técnica muito bem resolvida, seja pela força do tema abordado.
Trabalho honesto, limpo, feito por mão segura de um profissional com extrema sensibilidade.

Parabéns Zuri!

CárcamO disse...

Pintar é construir...posso dizer que vi os tijolos dessa aquarela...quer dizer, ainda no lápis.Essasmãos inchadas denunciam a dependência do álcool. Pelo que lembro no passado foi linotipista da Folha...conte um pouco Zuri. Claro, não precisa dizer o nome ...
Um belo trabalho e um registro do desamparo do idoso nesta cidade.Parabéns!.
Braço!

Ana Banana disse...

Isto é belo, Zuri. E só posso esperar subir ao seu calibre, também! Você é um artista talentoso e pensativo. As cores são magnificient e a sua técnica de aquarela é maravilhosa! E eu especialmente como este tema.

Toma disse...

Meu Deus, Zuri! Te dar parabéns parece tão pouco...Outra pintura perfeita!
Visitando o seu blog, do Al, Edde, Fábio...vejo o quanto ainda tenho que aprender.
Grande abraço, Mestre!

cosmic clown disse...

hey zuri, obrigado para seu comentário doce...Trabalhos que encantadores você tem.....as cores são surpreendentes...suas ilustrações são grandes...eu gosto especialmente de saltar do menino….totalmente surreal.....eu estou adicionando-o em meu blog.....abracossssssssssssss

Zuri disse...

Al, Cárcamo...sabe que vc quase acertou..ele era linotipista da folha de São Paulo. Me parece que com a vinda dos computadores, sua profissão foi extinta ( era muito bem remunerada ), o álcool já era um problema mas acabou, sua demissão, sendo o estopim para esta situação. Pessoa culta, inteligente , extremamente profissional e com família. Ele não comenta muito a este respeito mas sei que já tentaram de tudo para que voltasse para sua terra ( Espírito Santo ). È triste saber que não existe espaço para a recolocação de uma pessoa no mercado de trabalho.

Zuri disse...

Maurício...obrigado pelo elogio, em breve seremos nós....vai de retro !!!

Poisonous...obrigado e seja bem-vindo, mas não consegui saber, no seu blog, qual era seu nome e o trabalho. Abração

Fábião ...obrigado pelo comentário encantador...mas quero ver seus trabalhos no blog...são duca.

Cárcamo...Boa parte destes tijolos tem, por trás, anos que passei trabalhando com o melhor oleiro que conheço!! Obrigado pela generosidade e pelo carinho..

Ana...fico feliz a beça quando vejo comentários de artistas do seu "calibre". Suas aquarelas tem um mistério que não consigo identificar...são fascinantes..

Toma...vc está me devendo um bate papo, junto com o Edde, Al e Fábio.
Quero ver seus originais...são duca..impressionante, mesmo.Abração.

Cosmic... que legal manter este contato contigo, sou fão de seus trabalhos e espero, um dia poder conhecer "in loco" seus trabalhos.
Abração

EDDE WAGNER disse...

Que trabalho lindo, Zureta! Além da aquarela, daria um puta quadro, em tamanho grande, com acrílica. Já pensou nisto?

margarida colorida disse...

Belíssimo trabalho Zuri! Por quantas pessoas não passamos nós todos os dias que se encontram nestas mesmas situações? Parabéns por teres tido esta bela atitude de não ficares indiferente e dares um nome a quem para muitos, é apenas um anónimo, velho e inútil. A vida dá de facto muitas voltas.

Caleb Souza disse...

Essa aquarela é linda Zuri! seu trabalho é incrível!

Zuri disse...

Margarida e Caleb...obrigado pelos elogios carinhosos, vindo de artistas talentosos como voces é uma algria enorme..

Eddão...Fou uma ótima idéia esta de transporta-lo para a tela..valeu mano brown..

Jean-Claude disse...

Cara!Que aquarelas lindas...Parabéns..Cárcamo que se cuide..hein?
abs!

Zuri disse...

Jean...obrigado mesmo..visitei seu blog e fiquei embasbacado com oq vi. Quando eu crescer vou querer ficar igual a você e o Cárcamo..rs
Abração

Jean-Claude disse...

Que nada!
Não tenho este talento da aquarela não...
Vamos então deixar o Carcámo com o titulo de Hors concours...rs
Vou ficar atento aos seus novos posts...
abs!

wanderson disse...

tudo que eu pensava ja foi dito pelos colegas ai de cima brilhante e a palavra parabens cara, te mais

Beto Candia disse...

Poxa Zuri, ficou muito bonito, excelente mesmo!

Vou linkar vc no meu blog, oks!?

Um grande abraço,

Beto.

Mauricio disse...

Grande Zuri!!!!!

Para de deixar a gente com vontade, coloca mais arte pro público :o)

Um grande abraço.

Weberson Santiago disse...

Olá, Zuri. Muito bom, seu trabalho. Muito legal mesmo. Coloquei um banner de link lá no meu blog, se puder passe lá pra ver: www.webersonsantiago.blogspot.com.

Abraço@

Zuri disse...

Wanderson, Beto, Maurício, Weberson... obrigado pelos elogios e pela visita. Fico sempre lisongeado quando alguém me linka em seu blog, ainda mais quando vem de pessoas com o calibre de vcs.
Estou produzindo muitas coisas neste momento, mas a escola me toma um tempo enorme e acabo não conseguindo colocar tudo oq eu queria no blog. Peço mil perdões pór as vezes ser meio relapso. Abração a todos com muito carinho.

Carol Costa disse...

Belíssimo trabalho, Zuri! Te encontrei nos comentários do Cárcamo,mas já está adicionado à lista de preferidos do Guindaste.

EDDE WAGNER disse...

Põe desenho novo aí, bichola!!
Se demorar muito, vai fazer aniversário...

paulo disse...

Oi Zuri,
Maninho, não tenho amenor competência para falar da tua arte, eu a acho maravilhosa!!!!

O tema é muito bom, você deve continua-lo mantendo este caráter de mostrar a dignidade já perdida dessas pessoas. O negócio não é denúncia - isso a fotografia e a mídia em geral já o fizeram bastante a ponto de tornar o assunto banal -, mas sim elevação do ser humano.

Grande beijo do teu irmão,
Paulo